O que prejudica o desempenho na cama?

Ao planejar uma noite romântica, não se esqueça de detalhes importantes. Afinal, até mesmo o humor mais divertido pode facilmente derrubar muitas coisas. Então, é para isso que uma paixão carinhosa não é boa.

Não deixe que nada prejudique o seu desempenho na cama, use Duromax !

Álcool Abandonar os problemas, libertar-se, aumentar o desejo – para este fim, muitas pessoas tomam o peito diante da intimidade planejada. No entanto, o truque pretendido pode não funcionar. E não é apenas uma questão de risco. Um papel fatal pode jogar e uma caneca de cerveja. Afinal, a reação ao álcool em tudo diferente. Um após a libação está pronto imediatamente para apressar a batalha e lutar até a manhã, e o outro começa imediatamente assentindo. Portanto, é melhor não usar álcool. Além disso, o álcool (especialmente cerveja e bebidas com alto teor alcoólico) pode prevenir uma ereção e retardar a ejaculação. E para as mulheres – para interferir com a realização do orgasmo.No entanto, conhecendo sua reação individual ao álcool, você ainda pode comprar uma taça de champanhe – essa bebida efervescente é considerada a mais excitante. Mas, como o efeito estimulante não dura muito tempo, é importante não perder o momento.

Fumar Primeiro um pouco de estatísticas: 90% dos homens que sofrem de impotência são fumantes. Isso, claro, não é um acidente. O tabaco causa o mais forte espasmo dos vasos sanguíneos em todo o corpo.Incluindo no órgão genital masculino. Se isso acontecer, então, na hora certa, uma ereção pode simplesmente não acontecer. Portanto, para eliminar o estresse, planejando uma continuação romântica da noite, os homens ficam melhor de uma maneira diferente. Uma fumaça, se houver tal hábito, você pode e após o ato de amor (e somente se a “segunda parte do Marleison Ballet” não for planejada).

Café Atua de acordo com o mesmo esquema dos cigarros: encurta os vasos, as ereções, obviamente, não são boas. Uma dupla combinação malsucedida é café com um cigarro. E o corpo é prejudicial e o sexo não é bom.

Comida pesada. carnes gordas e gorduras trans entupir os vasos sanguíneos de colesterol, não só faz hipertensão, doença coronariana e síndrome metabólica, mas a disfunção eréctil, muitas vezes. Portanto, o uso de alimentos pesados ​​não fortalecerá as capacidades sexuais, mas os enfraquecerá. E a saúde não será refletida da melhor maneira.Mas frutas, vegetais e verduras, ricos em vitaminas e minerais, assim como nozes, peixe e óleos vegetais que contêm ácidos gordos omega-3 poli-insaturados, em contraste, nos receptáculos de suporte em forma excelente e permitir que cada um dos amantes mostram-se bem feitas. Bem, é melhor esquecer a regra aprendida desde a infância – só há pão. Panificação e pão contêm vários produtos que reduzem os níveis de testosterona: ácidos, levedura e açúcar. Se você realmente não pode fazer sem pão, coma centeio, farelo e cereais.

Medicamentos Afetam mal a potência de muitas drogas (de pressão, diabete, antiúlcera, hipnóticos, sedativos e outros). Mas, se os medicamentos foram prescritos por um médico, a situação é solucionável: basta dizer ao médico sobre o seu problema e ele tentará ajustar a dose, trocar a droga ou pegar um estimulante seguro que possa ser combinado com o tratamento. Mas não controlado tomar drogas excitatórias e medicamentos para disfunção erétil é muito prejudicial. Às vezes mortalmente perigoso.

Separadamente, devemos dizer sobre anabolizantes. É claro que o desejo de um homem não parecer pior do que Schwarzenegger é muito louvável. Mas os anabólicos são muito prejudiciais para todo o corpo, para o sexo e mais ainda. O corpo leva sua alta concentração no sangue para um alto teor de testosterona. Como resultado, o desenvolvimento de seus próprios hormônios sexuais masculinos é inibido e os testículos diminuem de tamanho.

Estresse crônico. De fato, sob estresse, se é de curta duração, não há nada de errado – mesmo o oposto. Um pequeno mas vívido abalo psicológico excita o organismo masculino e feminino. Portanto, ao planejar aonde ir juntos, antes de passar uma noite romântica, você pode escolher com segurança uma exibição de filmes de terror, pular do bungee, ou pelo menos andar na atração “Steep turns”. O medo experiente contribui para a liberação de adrenalina, da qual a testosterona cresce como uma levedura. Mas outra bem diferente, se o estresse não é de curta duração, mas prolongado. Afinal de contas, de experiências fortes crônicas no corpo, o hormônio do estresse cortisol é liberado. A partir daí, a gordura não só cresce no estômago, mas também diminui a libido. É por isso que as pessoas que sofrem de estresse prolongado muitas vezes têm problemas não apenas com o peso, mas também com a vida íntima. Portanto, o estresse crônico deve ser abordado com a ajuda de um psicólogo ou mesmo de um psiquiatra. E o sexo vai esperar.

Brigas, discussões. “Mas e a reconciliação apaixonada na cama?”, Você pergunta.Infelizmente, isso funciona apenas no começo. Ao longo dos anos, se as alegações dos parceiros não estão enfraquecendo, a intimidade física e espiritual simplesmente deixa o relacionamento. Portanto, se você pretende passar a noite e continuar a se divertir na cama, pelo menos algumas horas antes do quarto morder sua língua. Melhor deixar esse negócio e, ao contrário, dizer ao parceiro algo muito, muito bom.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *