Quais os tipos de Disfunção Erétil conhecidos?

 

Você está ansioso para o seu parceiro durante toda a semana, imaginando todas as posições que você está tentando fazer, e você não pode esperar pelo fim de semana. Mas a semana de trabalho é aquela com você e seu desejo. A disfunção erétil foi relatada em  90% dos homens com menos de 40 anos de idade . E com o aumento da idade, os problemas estão crescendo. Este é um número alto! Então, vamos quebrar esse problema de A a Z.

Tipos de distúrbios de ereção

Um distúrbio de ereção não é apenas um. Os sexólogos distinguem três tipos básicos de distúrbios de ereção Ereção fraca, ereção curta sem ereção .

  • Má ereção – Você experimenta excitação neste tipo de desordem, mas seu pênis ainda está muito pouco aliviado.
  • Ereção curta – A ereção curta é considerada uma ereção curta. Por um momento, você está muito animado, mas as tensões sexuais caem e você está com disposição para o sexo. Esse problema é o menos problemático, pois você só precisa esperar um minuto e tentar novamente. Normalmente, a segunda vez que o sexo é bem sucedido.
  • Sem ereção – O tipo mais desagradável de distúrbio não é ereção. Em resumo, nada acontece. Em seguida, surge com uma variedade de suplementos alimentares ou medicamentos eréteis para ajudar a resolver este problema.

Qual é a diferença entre impotência e disfunção erétil?

Agora, vamos explicar qual é a diferença entre impotência e disfunção erétil.

MUDR. Pavel Švec, DrSc. em sua publicação, Disfunção Erétil e seu tratamento,  explica o termo disfunção erétil  como uma condição em que um homem não consegue atingir um tempo de ereção suficiente e desejado.  Neste caso, estamos falando de um problema freqüente e recorrente. No passado, o conceito de impotência também foi usado para esse problema, mas este não é o rótulo correto. Impotência significa o problema da infertilidade, incapacidade de ejacular e incapacidade de atingir o clímax . Ambos os termos, portanto, estão na questão dos distúrbios de ereção, mas ambos significam um problema ligeiramente diferente.

Os distúrbios de ereção estão relacionados à próstata?

Há algum deles relacionado à próstata? A próstata afeta a ereção? Esta é também uma questão frequente. Alguns especialistas dizem que sim, outros definitivamente não.

Se olharmos para essa questão de uma perspectiva puramente anatômica, veremos uma certa conexão aqui. Tudo gira em torno dos músculos do assoalho pélvico . Se estiverem flácidos, tanto a perda urinária quanto os distúrbios de ereção podem ocorrer. Mas isso não significa que a próstata esteja com sangue. Basta fazer os exercícios dos músculos do assoalho pélvico, e ambos os problemas devem desaparecer .

Devemos visitar um sexólogo ou um urologista?

E se os problemas de ereção persistirem? Se você tem lutado contra a disfunção erétil por várias semanas, não espere nada e procure um especialista. Ideal é a visita de um sexólogo .

Adquira já  o medicamento Herus Caps, revolucionário no tratamento da impotência utilizando o que existe de mais moderno em termos de pesquisa sobre disfunção erétil.

.

Vença a luta contra a celulite

A celulite não aparece apenas nas coxas e nádegas, mas também nos lados, no abdômen ou no interior dos braços. Por anos, acreditou-se que a celulite ou “pele de laranja” seria consequência de se estar acima do peso. Hoje está claro que quase todas as mulheres sofrem com ela independente da idade ou do peso corporal. Evitar que elas apareçam não é tarefa fácil pois significa uma mudança radical no estilo de vida. Você está pronta para isso?

O que é celulite?  Celulite são alterações degenerativas no ligamento de gordura subcutâneo que ocorrem em partes específicas do corpo. Por estar intimamente relacionada ao efeito dos hormônios sexuais femininos, as mulheres são afetadas em 90% dos casos. Hormônios sexuais femininos causam exacerbações da celulite principalmente na puberdade, gravidez e climatério.

O desenvolvimento da celulite é lento, então vale a pena apostar na prevenção. Uma vez que ele irrompe, é necessária uma ação imediata. Caso contrário, mudanças degenerativas irreversíveis ocorrem no tecido subcutâneo. A celulite não pode ser completamente eliminada, mas a abordagem profissional pode melhorar sua aparência e impedir qualquer deterioração progressiva.

Como isso acontece?

A celulite é causada por um acúmulo desigual de tecido adiposo e células de gordura entre o tecido conjuntivo no tecido subcutâneo. Significativamente, quantidades excessivas de triglicerídeos estão presentes nas células adiposas, que estão literalmente superlotadas e septicemides sebáceas são excretadas.

Gradualmente, mudanças na microcirculação e drenagem inadequada de substâncias tóxicas e fumos metabólicos resultam em um tecido mal nutrido e com deficiência de oxigênio. Isso eventualmente leva ao fato de que o septo conectivo arrasta a pele com a contrapressão simultânea das células adiposas aumentadas, causando os pontos que percebemos como celulite.

A celulite não é apenas um problema estético, mas também um problema de saúde. Ela sinaliza uma série de problemas de saúde, por vezes graves, como problemas na desintoxicação corpórea ou imunidade reduzida.

A celulite se manifesta em vários estágios:

1. A forma mais leve ocorre somente quando a pele é pressionada entre dois dedos.

2. No segundo estágio, vemos o desnível da pele, visível ao esticar os músculos, sentado ou na luz lateral.

3. O terceiro estágio é caracterizado por desigualdades que são sempre visíveis, independentemente da iluminação.

4. Quarto, o estádio mais pesado é acompanhado por inchaço, desnível acentuado da pele e muitas vezes dor.

O que provoca isso?

– falta de movimento

– distúrbios circulatórios do sangue e do sistema linfático

– altos níveis de toxinas no corpo

– alimentos não saudáveis

– maus hábitos alimentares

– diminuição da produção de colágeno

– efeitos hormonais

– herança

Dieta adequada

Quando o assunto é celulite vale a velha máxima “você é o que você come”. Os alimentos da sua dieta podem atrasar ou incentivar o aparecimento de pontos indesejados em sua pele. Sua dieta portanto, deve ser ser complexa, equilibrada, com muitos líquidos (preferencialmente água mineral e chá verde, ambos sem adição de açúcar.).Recomendamos que você se concentre nesses alimentos:

 

Abacaxi: é rico em potássio e vitamina C, também contém bromelina, o que contribui para aumentar a excreção de gordura.

Espargos : Reforçam as veias e os capilares normalizando a circulação sanguínea. Também age como um diurético, elimina o excesso de água e flatulência, forçando o corpo a liberar toxinas.

Sementes de girassol : Contêm vitamina E, potássio, zinco e selênio, mas também vitamina B6, que ajuda a metabolizar as proteínas e fortalecer os tecidos conjuntivos.

Pimenta malagueta: Este ingrediente fornece um efeito termogênico, aumentando a taxa de queima de energia do corpo. Além disso, as pimentas também são uma boa fonte de vitaminas C, E, B6 e potássio.

Canela: Esta especiaria é cheia de antioxidantes que aceleram a circulação sanguínea e melhoram a elasticidade da pele.

Não se esqueça de beber muita água, eliminar a nicotina e refrigerantes, e selecionar adequadamente a sua atividade física , cuja intensidade deve respeitar o grau e a causa do problema, caso contrário a condição pode se deteriorar.

Nos casos indicados, você pode usar drogas que afetam o tecido adiposo (por exemplo, a teofilina), ou usar suplementos alimentares (enzimas, vitaminas, antioxidantes).

A lipoaspiração não é uma solução

Muitas mulheres tentam aliviar o problema com a lipoaspiração de celulite. Mas remove fibras gordas, não fibrosas, em torno das células adiposas. Além disso, a lipoaspiração tem como alvo uma camada de gordura mais profunda, a celulite é um problema de superfície.Lipoaspiração a laser pode ajudar a fortalecer a pele e reduzir a gordura, mas não tem que funcionar para todos. A lipoaspiração não é um procedimento para reduzir a celulite.Em alguns casos, a situação pode ficar ainda pior.

Conclusão

A incidência da celulite pode, sem dúvida, ser influenciada pelo estilo de vida, uma dieta saudável com muita água limpa, uma escolha adequada de atividade física, ou uma massagem e hidratação adequada da pele. Medicações como o Revital também ajudam a melhorar a microcirculação na pele fazendo desaparecer a sua celulite.

Como mudar para um estilo de vida saudável sem sofrer?

Um estilo de vida saudável, o que isso significa? Em geral, uma pessoa saudável não fuma, não está acima do peso, é saudável e se exercita regularmente. Parece simples, não é? Mas como é na vida prática?

  

A melhor opção para ajudar a mudar o seu estilo de vida é o Line Shake.

Nem todo mundo tem paciência, bom gosto e firme vontade de mudar algo em sua ordem estabelecida. Os resultados não vêm imediatamente, e quem espera que se um croissant de trigo integral é colocado em vez de um croissant de manteiga, deve ficar desapontado para ir para o terceiro andar por uma semana. Cada mudança precisa do seu tempo, então viva um começo saudável lentamente.

Maneiras simples de começar a se movimentar mais

Comece o processo de perda de peso adicionando mais atividades à sua vida. Se você ainda não está totalmente sintonizado para começar a se exercitar regularmente, escolha um modo mais suave. Cada menor movimento é calculado e contribuirá para a queima de mais calorias.

 
  • Ande mais:  inclua trechos de caminhada no seu dia a dia
  • Todas as tarefas domésticas , como o trabalho no jardim, a remoção de folhas, a polinização ou a limpeza do chão, farão você se sentir bem.
  • Mova-se quando estiver falando. Não fique em pé ou sentado em um lugar, mas vá para frente e para trás. Claro que não em todo lugar, mas aproveite todas as oportunidades.
  • Faça uma lista de todas as atividades físicas que você fez todos os dias. Se você achar que a maior parte do tempo está sentado, tente mudar esse desconforto. Pense no que você pode fazer enquanto se movimenta.

Coma saudável

  • Comer uma dieta equilibrada e valiosa é outra parte de um estilo de vida saudável. A dieta correta irá ajudá-lo não apenas a regular seu peso, mas também a melhorar sua saúde e qualidade de vida mais tarde.
  • Coma mais frutas. Adicione flocos, saladas de legumes, peixe, etc. ao seu menu, sempre que possível. Em vez de um bife para o jantar, coloque salada caprese (tomate, mussarela, azeite, manjericão, vinagre balsâmico).
  • Deixe o molho de creme ou mostarda e use azeite de oliva e vinagre balsâmico para fazer saladas.
  • Escolha alimentos com baixo teor de gordura e produtos lácteos sem gordura. Basta mudar para leite desnatado ou iogurte sem gordura é outra maneira fácil de comer menos calorias sem ter que mudar muito em sua dieta.
  • Substitua os alimentos com excesso de calorias por refeições mais leves. Substitua o pão branco por grãos integrais, em vez de lascas para polvilhar com maçãs secas em vez de bife de porco com um bife de atum.

Como você pode ver, criar um estilo de vida saudável nem sempre significa mudanças drásticas. Pelo contrário, quase sempre falham. Com o tempo, você descobrirá que, a cada mudança, mesmo pequena, você será ricamente recompensado.

A alimentação tem um papel muito importante na saúde, trazendo benefícios como:

  • Dar energia, que é essencial para andar, pensar, estudar ou brincar, por exemplo;
  • Prevenir doenças, pois os alimentos têm o poder tanto de causar quanto de prevenir doenças como câncer, problemas cardíacos e mau funcionamento dos órgãos;
  • Propiciar o crescimento e a renovação dos tecidos, principalmente dos ossos, da pele e dos músculos;
  • Melhorar o rendimento e a concentração, pois favorece o bom funcionamento da memória e de todo o sistema nervoso;
  • Dar mais disposição, pois o metabolismo funciona melhor;
  • Regular a produção de hormônios e evitar problemas como doenças da tireoide, insônia e infertilidade.

Para obter maiores benefícios, além da alimentação também é importante praticar regularmente atividade física e utilizar sempre o Line Shake, pois o exercício contribui para o ganho de massa muscular e perda de gordura, além de aumentar a disposição.